Paragem Cardiorrespiratória (PCR)

> Já ouviu falar, mas nunca percebeu muito bem o que é, as causas e quais os procedimentos que deve adotar? Neste artigo dá-mos a conhecer as principais atitudes a ter na presença de uma pessoa em Paragem Cardiorrespiratória (PCR) e que podem fazer toda a diferença.


  1. O que é uma Paragem Cardiorrespiratória?
    • A PCR é um acontecimento repentino e consiste na interrupção ou falência súbita das funções cardíaca e respiratória. Em consequência a pessoa fica inconsciente, não responde e não respira ou não respira normalmente.

Fonte: SNS24


  1. Quais são as causas principais?
    • Se souber as causas e sintomas pode atuar ainda antes de a pessoa entrar em PCR e, assim, evitar um cenário mais grave. As principais causas que podem levar à Paragem Cardiorrespiratória são as seguintes:

Fonte: SNS24

1) Dor persistente no peito, com uma sensação de aperto que pode passar para o braço, queixo ou costas;

2) Falta de ar.

Não hesite, LIGUE 112!

Se acontecer alguém engasgar-se e não conseguir expelir o corpo estranho:

1) Incentive a tossir;

2) Dê algumas pancadas interescapulares, ou seja, umas “pancadinhas nas costas”;

3) LIGUE 112!

Se avistar um afogado e não houver um nadador salvador perto, primeiro identifique o estado de consciência da pessoa:

1) Consciente, procure alcançá-lo sem entrar na água ou fornecer um meio insuflável. Se não for suficiente, evite ser mais uma vítima, LIGUE 112!

2) Inconsciente, LIGUE 112 antes de tentar ajudar!

(Procure e incentive os seus familiares a frequentar praias vigiadas. Tenha sempre o contacto de emergência dos nadadores salvadores mais perto do local onde vai à praia)


  1. Estes são os Elos da Cadeia de Sobrevivência, adotados a nível nacional pelo Sistema Integrado de Emergência Médica (SIEM):

Caso assista alguém em PCR, o mais importante é LIGAR 112!

  • Mantenha a calma;
  • Confie nos profissionais do outro lado da chamada;
  • Siga os procedimentos como eles indicarem;
  • Forneça toda a informação que eles pedirem.

Pode estar a salvar uma vida!


  1. Por último, aconselhamos vivamente a participar num curso de Suporte Básico de Vida, pois as chances de salvar uma vida irão ser maiores!

Também convidamos a consultar o site do SNS24 para um melhor conhecimento acerca do assunto e das causas. Lá irá encontrar informações atualizadas e fidedignas, de acordo com as pesquisas mais recentes e as normas acordadas internacionalmente.